Receitas e dicas!

Receitas e dicas!

Dry Martins eZotik eZotik Passione 50 Ml Vodka 4 Morangos 10 ml Licor de Amora 1 Colher de sopa de suco de limão Siciliano 1 Colher de sopa de açúcar 1 Colher de sopa rasa de Canela Encha uma taça de Martini de gelo e reserve. Na coqueteleira macere/amasse os morangos com açúcar e o suco de limão siciliano, em seguida coloque o licor a vodka e o gelo (4 pedras/cubos) e sheikar por 10 segundos. Retire o gelo da taça e em seguida passe limão na borda da taça para crustar com canela, coe a mistura da coqueteleira e sirva na taça.   eZotik Wall Paper (Sagatiba) 50 Ml Sagatiba ½  Maracujá 1 Rodela fina de pimenta dedo de moça (sem parte branca) 1 Colher de sopa de açúcar 1 Colher de sopa rasa de açúcar de Baunilha Encha uma taça de Martini de gelo e reserve. Na coqueteleira coloque maracujá com açúcar e o suco de limão siciliano, em seguida coloque o licor a vodka e o gelo (4 pedras/cubos) e sheikar por 10 segundos. Retire o gelo da taça e em seguida passe limão na borda da taça para crustar com canela, coe a mistura da coqueteleira e sirva na taça.   Lichia com jabuticaba 50 ml de Destilado (Vodka, Cachaça ou Sake) 3 Lichias 3 Jabuticabas 1 ½ colhere de sopa rasa de açúcar 4 cubos/pedra de gelo – Macerar (amassar) a Lichia e jabuticaba e açúcar, gelo e por ultimo o destilado. Sheikar bem com uma coqueteleira de Boston ou clássica e servir imediatamente. *Cuidado com açúcar pois as frutas já são bem doces....
Coquetelaria é arte. E muuuuito conhecimento

Coquetelaria é arte. E muuuuito conhecimento

Ser barman não é uma questão de chacoalhar coqueteleira, muito menos de colocar guarda-chuvinhas medonhos em copos com líquidos coloridos com sabor de mesa de bingo. Ser barman é ter conhecimento profundo sobre bebidas, entender pacas de química, possuir capacidade de comunicação acima da média e, claro, ter habilidade de criar coquetéis inovadores, saborosos. Spike Marchant, barman inglês, preparando o drinque “batom líquido”; deliciosos drinques de saquê, vodka, absinto e esferas de mel; Tea time! Sou uma fã inveterada de drinques, daquelas saem pela cidade procurando misturas não-óbvias, bartenders talentosos– e fico bem feliz quando encontro pessoas como Márcio Silva (Cia. Tradicional), Marcelo Vasconcellos (Pandoro), Diógenes (ex-Arturito). Por isso me diverti tanto na apresentação do inglês Spike Marchant,  consultor de coquetelaria inglês e um dos idealizadores de um super programa de capacitação profissional para a classe, Diageo World Class. O cara é um show. Além de simpaticíssimo e conhecer profundo do universo das bebidas, preparou drinques geniais. Pena que não encontro nenhum deles nos bares de SP…  O primeiro, para exemplificar a importância do conhecimento de química e da compreensão de harmonização de sabores, foi o Lipstick Rose,  drinque que recriava o aroma, o sabor e até a textura final no lábio, meio encerada, de um batom. O segundo, que me PIROU, foi o Mastic Spa. A base é feita de vodca Ketel One, xarope de pepino e um licor grego produzido com a resina de uma árvore da ilha de Chios chamado Mastika (poderia tomar a garrafa inteira) com espuma picante de maçã. O terceiro (e era só meio dia…) tinha sabores bem marcantes de aniz: vodca, saquê, gotas de absinto e...

INOVAÇÕES DA COQUETELARIA

Conheça Perlini … Um sistema revolucionário para a gaseificação de cocktails – ou quase qualquer bebida. O Sistema Perlini impregna em todos os ingredientes líquidos da bebida com efervescência. Perlini cria o brilho nos cocktails com o vigor ea persistência de um bom champanhe. #...